The Paypers entrevista com Ricardo Costa

Reading Time: 2 minutes

Durante o MoneyLive Madrid, The Paypers sentou-se com o nosso CEO, Ricardo Costa, para falar sobre as melhores práticas na implementação do onboarding digital do cliente sem atrito.

Pode partilhar com os nossos leitores o que é LOQR, a ideia que deu origem à criação da empresa e quais os problemas do setor que resolvem?

A LOQR é mais conhecida por ser uma plataforma de gestão de onboarding do Cliente criada para gerir o processo completo do fluxo de onboarding do Cliente para bancos, serviços financeiros e quaisquer outros setores altamente regulados. Assim, ao utilizar a plataforma da LOQR, os nossos Clientes podem construir seu próprio processo de onbording centrado no Cliente e compatível. Oferecemos, através de uma abordagem omnicanal, todas as ferramentas que suportam as diferentes fases de cada workflow específico para seus diferentes produtos. Isso inclui aquisição de dados, due-diligence do Cliente (com KYC e Identity AML), documentação legal (com assinatura digital do contrato digital), configuração de conta (integração de serviços principais, incluindo legacy) e gestão do relacionamento pós-onboarding.

A ideia por trás da LOQR é construir uma plataforma onde empresas não-TI possam projetar processos digitais, novos ou migrando os existentes em papel, sem se preocupar com tecnologia. Em última análise, qualquer processo que necessite de alguma intervenção do Cliente, os nossos Clientes devem poder desenhá-lo e disponibilizá-lo através da nossa plataforma, pois esta será responsável por preencher as lacunas tecnológicas.

Porque é que a identidade / verificação de identidade digital é um tópico importante para 2019? Do seu ponto de vista, quem estará na liderança para obter o onboarding do Cliente digital correto, bancos ou fintechs?

Os bancos e outros provedores de serviços financeiros agora enfrentam leis de conformidade mais rígidas, tornando os mandatos de conformidade muito mais numerosos e complexos. A conformidade com PSD2, GDPR, 5AML e outras regulamentações específicas requer investimento adicional e confiável de Verificação de Identidade (IDV) e estratégias aprimoradas.

As fintechs são, normalmente, empresas de TI que atuam ou prestam serviços no mundo financeiro. Usando isso como um ponto de partida, será mais fácil e natural para eles obterem a experiência do Utilizador no onboarding do Cliente, ou em qualquer outro desenvolvimento, desde o início. Também são mais rápidos a fazer alterações depois de receber feedback.

Entrevista na íntegra aqui.